sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Uma dezena de novelas gráficas

 
Já vai no número 10 a colecção Novelas Gráficas da Levoir - Público. De 2017. Esta sexta-feira o título disponível é Histórias do Bairro, Prémio do Comic Cidade de Palma 2010.e que foi considerado pelo jornal El País como uma das 25 jóias do comic espanhol do século XXI. Com prefácio de Rui Cartaxo, e incluindo também o prefácio original à edição espanhola de Óscar Palmer, Histórias do Bairro EDIÇÃO INTEGRAL  tem sido alvo das melhores críticas, como a de Enric Gonzalez do El Mundo - “Uma dessas jóias que só se encontram de vez em quando. O leitor emerge da última página um pouco mais sábio e talvez melhor do que ao iniciar-se no relato. Certamente, o leitor sai emocionado.”
Contada em primeira mão pelo seu autor, Gabi Beltrán, desenhador e ilustrador com trabalhos publicados no El País e nas publicações americanas Veer, Plansponsor e Portland Monthly Magazine, Gabi assume em Histórias do Bairro o papel de narrador, é ele o protagonista que passou boa parte da sua adolescência no bairro chino de Palma de Maiorca nos anos 80 do século passado. Um bairro afectado pela prostituição, o desemprego e a heroína. O refúgio ou a forma de enfrentar esta situação levaram Gabi Beltrán a fazer parte de gangues de jovens que canalizavam o seu desconforto através do uso de drogas, roubos e violência. Mas o adolescente rebelde tinha a paixão da BD e refugia-se na literatura e no desenho. Como ele próprio afirma numa entrevista: “A banda desenhada salvou-me a vida”.
Bartolomé Seguí é também desenhador das Ilhas Baleares, criou muita da sua obra para o mercado franco-belga em 2009 recebeu o Prémio Nacional do Comic e mostra em todas as suas obras versatilidade para se adaptar às histórias que ilustra.

 

Sem comentários:

Publicar um comentário