quinta-feira, 15 de novembro de 2018

A nova aventura de Blake e Mortimer


Capa exclusiva Fnac


Na semana que vem, a 20 de Novembro, chega às livrarias o novo livro de As Aventuras Blake e Mortimer, com o título "O Vale dos Imortais".
A conhecida série de BD franco-belga Blake e Mortimer foi lançada em 1946 e constitui, ainda hoje, um verdadeiro fenómeno editorial: está traduzida em 17 línguas e as vendas mundiais acumuladas ultrapassam os 12 milhões de exemplares!
A versão portuguesa terá duas edições distintas (cada uma com capa e ISBN próprios), sendo uma destinada ao mercado em geral e outra destinada à venda exclusiva na Fnac.
Aqui fica o resumo da história:
Em Lhassa, o Palácio Imperial do ditador Basam-Damdu é pulverizado por um esquadrão de Espadões e o mundo, aliviado, celebra o final da Terceira Guerra Mundial. Entretanto, na vizinha China, enquanto os comunistas de Mao enfrentam os nacionalistas de Chiang Kai-shek, o Senhor da Guerra Xi-Li tenta apoderar-se de um manuscrito que lhe irá permitir garantir o seu poder sobre o Império do Meio. Face às ameaças que pairam sobre a região, o capitão Francis Blake é incumbido de organizar a defesa da colónia britânica de Hong Kong. Por seu turno, em Londres, o professor Philip Mortimer manifesta grande interesse por uma curiosidade arqueológica chinesa, suscitando a cobiça e a inveja de alguns.
Ao mesmo tempo, o famoso coronel Olrik, ex-conselheiro militar de Basam-Damdu, aproveita o caos reinante para vender os seus serviços ao general Xi-Li, numa tentativa de aplacar a sua sede de vingança.
Primeiro tomo de um díptico, O Vale dos Imortais começa exactamente onde tinha acabado O Segredo do Espadão. Os fãs de Blake e Mortimer encontrarão alguns dos ingredientes que contribuíram para o sucesso da saga de Edgar P. Jacobs: a grande aventura, o exotismo, aqui expresso pelas ruelas perigosas de Hong Kong, a atmosfera londrina digna das mais belas páginas de A Marca Amarela e a ficção científica, encarnada pelo novo engenho concebido pelo professor Mortimer, o Skylantern, tudo isto acompanhado por algumas figuras de traidores e por um Olrik mais maquiavélico do que nunca.

Grinch chega aos cinemas para a semana


Como não há bela sem senão, não poderia haver Natal sem vilão. “GRINCH”, baseado no aclamado clássico de Dr. Seuss, conta a história de um rabugento cínico que tem como missão roubar o Natal, até que o espírito solidário de uma menina lhe dá a volta ao coração. Divertido, emocionante e visualmente impressionante, é uma história universal sobre o espírito
natalício e o indomável poder do optimismo.
Na versão portuguesa este novo filme de animação conta com as vozes de António Raminhos, Ana Bola e Pêpê Rapazote.

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Devoradores de livros com Luís Louro


Amanhã, pelas 19 horas, decorre o 21.º encontro dos Devoradores de Livros e o autor Luís Louro vai estar presente. Esta tertúlia decorre na livraria Tigre de Papel e os presentes poderão fazer perguntas sobre a obra de Luís Louro, principalmente sobre e mais recente "Watchers" e pedir um autógrafo.

Largo Winch - volume 8


Está hoje disponível nas bancas, o oitavo volume da colecção Largo Winch. Este novo duplo álbum conta com as histórias "Os três olhos dos guardiões do Tao" e "A lei e a virtude".

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Homenagens a Stan Lee

Foram várias as homenagens que surgiram de todo o lado ao grande Stan Lee, depois da notícia da sua morte, aos 95 anos. Criador de heróis da Marvel como Homem-Aranha, Hulk, Doutor Estranho, Quarteto Fantástico, Demolidor, Pantera Negra e X-Men, Lee deixa um enorme levado e representa uma enorme perda para o mundo dos quadradinhos.
Das homenagens que vimos e lemos desde ontem, não podemos deixar de destacar a da Turma da Mônica, que consegue traduzir o que todos sentimos.



O Comboio dos Órfãos - ciclo II


Depois do sucesso com o primeiro volume, a editora Arcádia apresentou este mês o ciclo II de "O comboio dos órfãos", de Philippe Charlot e Xavier Fourquemin. O livro centra-se nas personagens Lisa e Joey, numa parte mais recente em 1991 mas regressando ao passado de 1920. Aqui fica a sinopse e também algumas imagens do interior.



Kansas — 1991.
Há festa na quinta do velho Jim que acaba de casar com a doce Bianca. À mesa, a única sombra é a cruel ausência de Joey, o seu irmão mais novo, o qual perdera de vista depois da sua adoção, há 70 anos.
Cowpoke Canyon — 1991.
Apesar da idade e da doença, Lisa decidiu ir à reunião anual dos Orphan Train Riders. Ela insiste para que Joey a acompanhe, mas o seu amigo de longa data tem fobia aos comboios.
Middle West — 1920.
Para escapar ao casamento que Effron lhe quer impor, a jovem Lisa foge na companhia do pequeno Joey, acabando ambos por chegar a Nova Iorque onde têm esperança de encontrar o seu irmão, Jim.  Os primeiros dias em Nova Iorque são difíceis. Mas o futuro parece ser promissor quando os dois amigos dão de caras com Mr. Coleman, cujo jogo duplo ignoram…

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Lucky Luke e Michel Vaillant hoje nas livrarias

Conforme já anunciámos, hoje relembramos apenas que a partir de hoje já se encontram à venda nas livrarias os dois mais recentes álbuns de Lucky Luke e Michel Vaillant. "Um cowboy em Paris" leva pela primeira vez Lucky Luke a atravessar o Atlântico e em "Macau", Michel Vaillant vai dar tudo por tudo para que a sua família e a escuderia Vaillant volte a reerguer-se.



Revista Bang 25


Já se encontra disponível na Fnac, mais um número da Bang. A edição n.º 25 tem data de Outubro e o destaque desta edição, no que toca à banda desenhada vai para um artigo sobre a série Monstress, da autoria de João Lameiras. Também Miguel Montenegro volta a colaborar com a revista com uma BD de seis páginas intitulada "Dementia Vivendi". A BD está ainda presente com uma história de uma página intitulada "Os passarinhos", do autor Estevão Ribeiro.

domingo, 11 de novembro de 2018

Ultimo dia de Amadora BD


Para os mais distraídos, lembramos que hoje é o último dia do Amadora BD. Quanto a nós, já lá fomos várias vezes e visitámos todas as exposições para depois vos contarmos tudo na edição em papel.

BDs da estante - 294



O autor Larry Gonick não tem biografia, para além de ter estudado matemática em Harvard, viver no Arizona, Massachusetts, Índia e Califórnia, trabalhar em laboratórios de farmacologia, programar computadores, fazer umas piscinas, ir à biblioteca, e ver desporto na televisão, não faz mais nada senão desenhar histórias de BD. É pouco, não acham? Este foi o primeiro título (2007) de uma série aclamada pelo mundo e que pretendeu dar a conhecer a história da BD.

sábado, 10 de novembro de 2018

Novo livro de Marcello Quintanilha é lançado hoje no Amadora BD


Hoje será lançado mais um livro da editora Polvo no Amadora BD. Trata-se de "Luzes de Niterói", de Marcello Quintanilha. A obra será apresentada pelas 15h30, com a participação do autor, de Rui Brito (editor) e de João Morales (jornalista).
Inspirando-se livremente em acontecimentos reais da vida de seu pai, Hélcio Carneiro Quintanilha, Marcello Quintanilha presta reverência às histórias de aventuras, criando uma ode ao mito do jogador brasileiro de futebol oriundo das fábricas, aos anos dourados de um país que se destacava internacionalmente impulsionado pelo crescimento económico do pós-guerra mas, sobretudo, à amizade.




sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Pato Aventuras n.º 2


Chega hoje às bancas o n.º 2 da série Pato Aventuras. Com o subtítulo Mistérios e Trapalhices, esta edição conta com as seguintes histórias:
- Fazer batota como Nostradogmus
- Cuidado com o estranho fenómeno das abóboras
- Feliz, Vale Feliz
- Lutem!
- Era, Era, Era Dourada
- Uma série de inesperadas substituições







Novos álbuns de Lucky Luke e Michel Vaillant chegam na segunda-feira

Conforme já mostrámos ontem nas redes sociais, já chegaram às nossas mãos os novíssimos livros de Lucky Luke e de Michel Vaillant, editados pela ASA. Porém, estas duas novidades só chegarão às livrarias na segunda-feira, 12 de Novembro, muito a tempo de poderem constituir belos presentes de Natal. 



Este é o álbum n.º 80 da série Lucky Luke e coloca frente e frente três figuras: um homem, uma mulher e uma cidade. A primeira é Lucky Luke, incumbido desta vez da mais monumental das escoltas. A segunda é Lady Liberty, com 93 metros de altura e um prestígio nunca igualado. A terceira é a cidade de Paris, que viu a estátua elevar-se.
Para cumprir a sua missão e escoltar a Estátua da Liberdade, o mais célebre de todos os cowboys está disposto a tudo. E ainda bem pois vai ter de atravessar o Atlântico pela primeira vez e descobrir Paris e os seus habitantes.
Como muitas vezes nas melhores aventuras de Lucky Luke, tudo começa por uma história verídica: neste caso a da alucinante epopeia da Estátua da Liberdade. Foi ao deparar-se com fotografias da mão da estátua a segurar a tocha, que a ideia desta história surgiu na cabeça de Jul (argumentista): imagina-se Lucky Luke deixar de lado os Dalton para proteger e escoltar a estátua e o seu criador durante o seu périplo... e assim nasceu este álbum, que conta uma vez mais com o desenho de Achdé.


A série de Michel Vaillant regressa com "Macau". Depois dos seus fãs terem ficado em suspenso com os acontecimentos da última história, Macau começa com uma notícia de imprensa em grandes parangonas: "Vaillant: a ruína e a prisão". Essa é, de facto, a terrível realidade de Michel Vaillant, detido pela suspeita de envolvimento no acidente que custou a vida ao seu irmão. Contudo, apoiado por amigos e familiares, ele decide passar à ofensiva e assume três objectivos: reconciliar o clã Vaillant após a morte de Jean Pierre, trazer de volta o ânimo e a ambição ao seio da sua escuderia e vencer Ethan Dasz para recuperar a empresa familiar.
Recém-saído da prisão, é em Macau que Michel Vaillant vai dar os primeiros passos com vista à revitalização do clã, apesar da determinação absoluta de Dasz em destruir toda a família.

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Coimbra BD 2019 já mexe


A organização do Coimbra BD já divulgou as datas da edição de 2019. De 7 a 10 de Março, a Casa Municipal da Cultura, receberá a Mostra Internacional de Banda Desenhada. Foi também apresentado o cartaz, não oficial, da autoria de Carlos Drave (ilustração) e Nuno Lourenço Rodrigues (design). 

Juvebêdê 73 quase a chegar


Quase a sair do forno, mais uma edição do Juvebêdê. Neste número 73 damos destaque a duas exposições que dominaram o Verão "Salvem a Sardinha" e "World Press Cartoon".